Informações úteis para quem ainda não tirou carta de habilitação no Japão

0
7974

Informações úteis para quem deseja tirar carta de habilitação no Japão

Obter a carta de habilitação japonesa, torna o cotidiano mais fácil. Em muitos casos, também ajuda bastante para locomover-se ao trabalho, pois nem todas as empresas disponibilizam o sougei (transporte coletivo para o local de trabalho).

Dividimos o tema em 3 artigos, para não ficar muito extenso.
Primeiro vamos falar sobre os tipos de exames para tirar carta.
Segundo capítulo será sobre Dicas para estudar para os testes escritos e simulados online
Terceiro capítulo – Carteira de habilitação para Motorista de caminhão.

Para conseguir a habilitação japonesa

Autorização para Dirigir no Japão  

Para dirigir no Japão, é necessário ao menos um dos documentos abaixo:

  • Carteira de Habilitação Japonesa
  • Permissão Internacional para Dirigir
    Expedida por um dos Estados-Membros da Convenção de Genebra sobre Trânsito Rodoviário
  • Carteira de Habilitação Estrangeira, expedidas em determinados países (SuiçaAlemanhaFrança, Itália, Bélgica, Taiwan) Nesse caso, será necessária a tradução da Carteira de Habilitação Estrangeira para o idioma japonês.

Prazos de Validade

  • Carteira de Habilitação Japonesa
    Válida pelo prazo expresso na Carteira de Habilitação Japonesa
  • Permissão Internacional para Dirigir
    1 ano contado da data de desembarque no Japão ou a validade expressa na Permissão Internacional, considerado o menor prazo
  • Carteira de Habilitação expedida no exterior com respectiva tradução
    1 ano contado do dia do desembarque no Japão ou a validade expressa na Carteira de Habilitação Estrangeira, considerado o menor prazo

Para quem tem a Carteira de Motorista do Brasil

Conversão da Habilitação Estrangeira para a  Habilitação Japonesa

É possível converter a Carteira de Habilitação Estrangeira em uma Habilitação Japonesa, Tipo 1 apenas, por meio de prova de condução realizada no Japão. Caso o requerente não entenda ou escreva em japonês, pede-se que esteja acompanhado de um intéprete.
Para o IC Card (ICカード) incorporado à Carteira de Habilitação, serão necessárias duas senhas de 4 dígitos cada uma.

Documentos Necessários 

* Em princípio, apenas a documentação abaixo é necessária. No entanto, há casos em que os documentos adicionais poderão ser requeridos

  1. Carteira de Habilitação Estrangeira:documento válido emitido em um país onde o requerente tenha permanecido por 3 meses ou mais, contados da data de emissão da habilitação (Permissão Internacional para Dirigir não será aceita).
    Os portadores de duas ou mais carteiras de habilitação (carro e moto, por exemplo)、deverão apresentar documento que indique quando elas foram obtidas inicialmente.
  2. Tradução para o Japonês da Carteira de Habilitação do Brasil
    Isso pode ser feito diretamente no escritório da JAF (Japan Automobilistic Federation) existente na maioria das cidades. Cada tradução custa em torno de 2 mil ienes e demora três dias para ficar pronta.
  3. Carteira de Habilitação Japonesa obtida no passado:aplica-se àqueles que tenham obtido, em algum momento, a Carteira de Habilitação Japonesa e não foi renovado
  4. Prontuário do órgão que expediu a carteira no Brasil, como prova de que ela foi adquirida dentro da lei (devidamente traduzido na própria JAF). Nem todos solicitam este documento. Informe-se antes.
  5. Cartão de residente: deve estar registado no cartão de domicilio legal(honseki) (para aquelas pessoas que não possuem a nacionalidade japonesa no seu cartão de residente deverá aparecer registrada a sua nacionalidade). Zairyu Card com endereço atualizado;
  6. Passaporte: Este documento comprovará a permanência no país de expedição da habilitação por mais de 3 meses. Dependendo da data de emissão da habilitação, também será necessária a apresentação do(s) passaporte(s) antigo(s)。Se o requerente não o(s) possuir, deverá apresentar documento que indique as datas de entrada e saída do Japão.
  7. Taxa: Varia de acordo com o tipo de habilitação. Ademais, em caso de aprovação, será cobrada uma taxa adicional para emissão do documento.
  8. Foto:1 foto tirada nos últimos 6 meses do requerimento.(tamanho: 3 vertical×2,4cm horizontal. Sem chapéu, fundo branco, de frente, do peito para cima)
  9. Outros: caneta preta ou carimbo pessoal (inkan)

Avaliação

O processo de avaliação compreende um questionário, revisão de documentos, prova de aptidão, prova escrita e prova prática.

Caso a documentação apresentada esteja ilegível ou contenham dados insuficiente, novos documentos poderão ser requeridos. Em último caso, o requerimento poderá ser rejeitado.

Prova escrita-

  • 10 questões para assinalar certo ou errado. O resultado sai em seguida. Os aprovados fazem os exames de vista e de volante e os reprovados são dispensados, após marcar um novo dia para responder as questões.
  • Prova de Conhecimento poderá ser realizada nos seguintes idiomas: inglês, chinês, espanhol, português, coreano, persa, tagalo, tailandês, russo. Um “Manual de Trânsito”(交通の教則) escrito em 5 idiomas (inglês, chinês, espanhol, português e coreano) poderá ser obtido na JAF .

Prova prática-

  • O percurso do exame de volante é previamente definido pelo centro de habilitação. O candidato pode optar por carro de câmbio automático ou manual
  • Comprar um selo de 2,7 mil ienes para colar no formulário.
  • Importante: o habilitado em câmbio automático não pode dirigir um carro manual. Já o habilitado manual pode dirigir os dois tipos.
  • Se foi aprovado, recebe a carteira japonesa no mesmo dia. Se não, deve marcar um novo exame e pagar novamente o selo. Não há limite de reprovações.

 


Para quem não tem a carta do Brasil

Ir ao Centro de Habilitação para marcar os exames escrito e de volante da carteira provisória.
Prova escrita e prática:
  • Primeira Fase – para adquirir a carteira provisória  (KARIMEN) desta forma, o candidato poderá  dirigir nas aulas práticas acompanhado de um instrutor.
    50 questões de “certo ou errado” cada uma vale dois pontos e para a aprovação são necessários 90 pontos, ou seja, acerto de 45 questões. A duração é de meia hora, ou seja, 36 segundos para cada questão. Depois vem o exame de volante para verificar se o aluno está apto a dirigir na rua. Ao aprovar-se em ambas as provas, você receberá o Karimen (carteira provisória) com validade para seis meses.
  • Com o Karimen, você poderá treinar nas ruas, desde que esteja acompanhado por uma pessoa que possua a carteira de motorista japonesa por três anos e que seja da mesma categoria que a sua ou uma categoria superior.
  • Segunda fase – para adquirir a carta definitiva (HONMEN)
    A prova tem 95 questões -(90 questões valem 1,5 pontos e 5 questões valendo 2,0 pontos com ilustração e perguntas) que devem ser respondidas em 50 minutos. Para aprovação no mínimo 90% de acertos.
  • Após a aprovação na prova teórica, segue-se para o teste prático com o percurso realizado na rua e um teste prático de estacionamento de ré ou baliza. Aprovando-se nestes dois exames, você receberá a sua carteira de motorista definitiva. A categoria desta carteira de motorista é a de primeira classe. Tornando-se possível dirigir veículos de passeio com capacidade para transportar 10 pessoas, pilotar motonetas de até 50cc e caminhões pequenos de até 4000 kg.

É recomendável  ter aulas práticas com instrutores credenciados em auto escolas regularizadas. Na comunidade temos várias empresas que fazem este serviço.

A Carteira de Habilitação terá validade desde o dia da aprovação nos exames de aptidão até o 3ºaniversário natalício e poderá ser renovada dentro de um mês anterior e posterior à data de aniversário. Nesta ocasião receberá o Aviso de Renovação da Carteira de Habilitação – Unten Menkyosho Koushin no Oshirase.

Márcio Sato do Canal CrazyJapanTV! Meu Japão é assim fez um vídeo contando a experiência dele

Recomendamos também :

Para quem deseja tirar carta de motorista de caminhão no Japão

Vai tirar Carteira de Habilitação japonesa? Veja 4 Dicas úteis para estudar!

Estas informações foram úteis? Compartilhe com os amigos!

 

DEIXE UMA RESPOSTA