10 Motivos para continuar morando no Japão

0
16401

Falar dos motivos pelos quais os estrangeiros continuam morando no Japão, é escrever um livro. Cada um tem seus motivos particulares. Reunimos alguns ítens que são comuns à uma grande maioria.

Nós estrangeiros sentimos muita falta de nossa família, nossos amigos, da nossa terra natal. Mas continuamos aqui batalhando o <pão nosso de cada dia>. O Japão vem se tornando o segundo lar, independente se temporário ou permanente.

Apesar das dificuldades com o idioma, o tipo de trabalho, a comunicação com a sociedade, continuamos morando aqui porque temos mais motivos para ficar do que ir embora neste momento.

10 Motivos para continuar morando no Japão


  1. Segurança Pública

Não existe um lugar no mundo onde é 100% seguro. No Japão é possível viver sem a preocupação de ser assaltado a todo instante. O forte controle das armas de fogo pelo governo, não coloca em risco a vida por causa de uma bala perdida.

  • Crimes, ocorrem sim. O número em relação a muitos outros países é bem inferior. É a notícia que vimos na TV ou saiu no jornal. Mas não que acontece na nossa rua ou no bairro.
  • O sistema de policiamento comunitário (koban) também é um ponto positivo. Bairros e cidades pequenas são beneficiadas com este sistema de atendimento. Um policial ou um grupo de policiais, são responsáveis por uma determinada área. Conhecem as pessoas da comunidade e os problemas do cotidiano deste lugar.
  • A comunidade também participa da segurança pública. São os aposentados e donas de casa que olham as crianças que vão a pé para a escola.
  • É possível andar tarde da noite com tranquilidade. Muitos aproveitam este horário para fazer caminhadas ou mesmo passeio com os animais de estimação.

2. Praticidade

  • Lojas de conveniência
    Konbini tem um pouco de tudo: alimentos, bebidas, papelaria, revistas, livros, pilhas e acessórios, remédios, produtos de higiene e limpeza, peças de roupas íntimas, guarda chuva, etc. Caixa eletrônico, venda de bilhetes de shows, ônibus, jogos. Aberto 24 horas por dia, todos os dias do ano. Realmente, é uma comodidade que não conseguimos dispensar.
  • Máquinas automáticas 
    Hoje em dia encontramos quase de tudo: refrigerantes, cervejas, cigarros, lamen, bentôs, lenço de papel, guarda-chuva, ovos, banana, etc. No inverno encontramos bebidas quentinhas, e no verão, bem refrigeradas.
  • Lavanderia de moedas
    Dias de chuva, dias de neve, quando você tem pressa em secar a roupa, nada melhor que usar os serviços do Koin Landori (lavanderia de moedas). Poderá lavar em casa e levar somente para secar. Tem a opção de lavar e secar também cobertores, futons, tênis. Em poucos minutos você tem sua roupa seca.
  • Serviço de correio e takyubin
    Enviar ou receber uma encomenda ou correspondência não é problema quando temos os serviços do correio e do Takyubin com excelente atendimento. Quando não estamos em casa para receber, é deixado um aviso e retornam conforme o horário que programarmos. Mantém vários postos de recebimento de mercadorias em supermercados, lojas, konbinis que facilitaram nosso trabalho. Quando o volume é muito grande (caixas, malas) solicitamos a retirada em nossa residência. Mesmo quando viajamos, podemos enviar pelo takyubin, nossas compras e malas, agilizando nossa circulação e trânsito.

3. Infraestrutura bem organizada

  • Transporte ferroviário
    Trens e shinkansens ligam o Japão de ponta a ponta. Sem precisar se preocupar com congestionamentos intensos, viajar ou locomover-se de trem ou shinkansen facilita demais nossa vida no Japão tanto para o trabalho, como escola ou lazer. Cumprem rigorosamente o horário.
  • Estradas rodoviárias
    Auto estradas são seguras. A manutenção é programada e executada de forma a oferecer ótimas condições para quem dirige. O pedágio é um pouco caro, mas acredito que vale a pena pois oferecem um bom serviço.
    As ruas no Japão são estreitas, porém sinalizadas, o que permite transitar com segurança.
  • Limpeza Pública
    De um modo geral, não temos o que reclamar da limpeza pública. Os estrangeiros sempre elogiam o fato de não encontrarem lixos jogados nas ruas e parques, estacionamentos. Em relação a muitos outros países, realmente a limpeza é algo surpreendente. Isto porque o povo japonês é educado a não sujar. Totalmente limpas não podemos afirmar, hoje em dia encontramos pessoas que também jogam lixo em qualeur lugar.
    A separação de lixo reciclável é respeitada em todas as cidades do Japão. A própria comunidade se organiza para fiscalizar o correto modo de jogar o lixo.

4. Gentileza no atendimento ao público – omotenashi –

  • O que mais os estrangeiros que visitam o Japão elogiam é  a hospitalidade e a gentileza no atendimento (omotenashi). Isto nós vivenciamos no dia a dia. Aquele mercado que fazemos as compras todas as semanas, quando entramos <irasshaimase>. Quando terminamos de pagar as compras, agradecem e convidam para retornar.

5. Estações do Ano bem distintas

  • Primavera, temos os festivais de sakura e outras flores. Verão, passeios nas praias e montanhas, hanabi, natsu matsuri. Outono quando as folhas ganham colorido vermelho, laranja e amarelo, templos, castelos, parques, montanhas são os locais de passeios para admirar o Koyo. Também nesta época é possível, saborear frutas da estação. Inverno, temos as iluminações noturnas e de final de ano, que mudam completamente o cenário urbano. Estações de esqui também são uma opção de lazer.
  • Todas as estações são bem definidas. E cada época tem suas peculiaridades sazonais, como frutas, alimentos, roupas, eventos, matsuris, festivais e tudo mais. Permite programação de lazer e entretenimento.

6. Cultura e história

A cultura milenar do Japão é preservada nas tradições e monumentos. Castelos, templos, santuários, construções diversas. Além manifestações artísticas como ikebana, teatro, caligrafia, bonsai, cerimônia do chá entre outros.


7. Educação

  • Educação gratuita até o curso colegial. As escolas públicas são bem estruturas, rígidas e completas. As crianças passam o dia inteiro na escola. Além das matérias normais existe um programa de BUKATSU, aulas/cursos/prática de esportes complementares. No colégio são administrados Programas de encaminhamento profissional ou para ingressar na Faculdade.
  • O governo e as prefeituras ministram Treinamento contra desastres naturais para a comunidade.
  • A preservação e manutenção de Bibliotecas, Museus, Galerias, permite aos alunos, ampliar seu campo de estudo e profissionalização.

8. Culinária japonesa

A diversidade e a profundidade da culinária japonesa tem chamado a atenção do mundo.
A cultura alimentar japonesa, que está centrada no arroz, desenvolveu-se a partir da introdução do cultivo do arroz úmido vindo da Ásia há mais de dois mil anos. O país desenvolveu uma cultura alimentar incrivelmente rica e variada, que inclui não só a culinária nativa japonesa, mas também muitos pratos estrangeiros, alguns dos quais foram adaptados ao paladar japonês e outros que foram importados praticamente inalterados.


9. Possibilidade de viajar para o exterior

Morar no Japão permite viajar para vários locais da Ásia e também parte da Europa com mais facilidade, pacotes turísticos mais em conta, companhias áereas com passagens baratas. O custo de vida destes outros países em relação ao Japão é bem mais baixo, por isso, é possível viajar com pequenos orçamentos.


10. Estilo de vida confortável

  • Possibilidade de adquirir bens materiais, desde eletrodomésticos até carros de última geração, ou mesmo imóveis. Novidades e tecnologia estão mais acessíveis para quem mora no Japão.
  • O que garante um estilo de vida confortável (não significa luxuosa), é ter trabalho. O achatamento salarial não permite mais aos estrangeiros fazer <aquela poupança> de 20 anos atrás.
  • O que ajudaria bastante numa perfeita adaptação seria o conhecimento mais completo do idioma japonês. Poder ler livros, jornais, revistas locais. Conversar, trocar idéias, e até mesmo estudar numa faculdade ou em um curso profissionalizante.

Nem tudo é lindo e maravilhoso, isto é assim em qualquer lugar do mundo!
Aqui vivemos o imprevisto dos desastres naturais como terremotos, tufões, vulcões. Aprendemos a conviver nos adaptando às circunstâncias da natureza.

E vocês, também já pensaram por que continuam morando no Japão?

Obrigada por acompanharem esta longa leitura.
Compartilhem com os amigos também!

 

DEIXE UMA RESPOSTA