10 fatos interessantes sobre WASABI

0
3339

O mundo moderno expandiu a apreciação do sushi como alimento saudável, o que causou o chamado “sushi boom” com a abertura de sushi-bares, rodízios de sushi, utilização de robôs na sua produção etc. E junto foi popularizado o uso do wasabi servido para acompanhar o sushi. As palavras SUSHI como WASABI são divulgados sem tradução, conservando a escrita e fonemas japoneses.

Todos já tiveram a oportunidade de pelo menos uma vez, experimentar aquela pasta verde que acompanha o peixe cru no sushi ou no sashimi….E sentiram aquele < TSUUUM> no nariz… , difícil de esquecer depois de conhecer aquele sabor característico picante, refrescante!

Aquela sensação de descongestionar o trato respiratório, causa certa surpresa, mas o efeito é muito curto e rápido, diferente da sensação picante deixada pela pimenta. Com o tempo acostumamos a apreciar o peixe cru acompanhado de wasabi, mas aqueles que não gostam, tem a opção de solicitar o sushi sem wasabi (wasabi nuki).

1. Um pouco de história

No Japão, a parceria sushi/wasabi já data mais de 400 anos, porém o uso do wasabi começou há muitos anos antes, parece ter sido utilizada como planta medicinal e antídoto para envenenamentos ou intoxicações por ingestão de alimentos, servido com peixe cru desde a era Nara (710-793). Devido às suas propriedades antisépticas e antibacterianas, era considerado o remédio da época, junto com outras ervas e plantas. É a sabedoria dos antigos, que passou de geração a geração.

A história do cultivo em massa do wasabi também data 400 anos atrás, iniciado na região de Shizuoka, atual produtora nacional, seguida de Hotaka, em Nagano.plantacao-de-400-anos-em-utougi-shizuoka 10 fatos interessantes sobre WASABI

 


2. Segredo do sabor do wasabi 

Conhecida como raiz forte japonesa, tem origem nipônica, e apresenta um aroma e sabor mais delicado que a tradicional raiz forte, utilizada mais na Europa. Tem cheiro forte e ardente, sabor refrescante e picante, um toque amargo e também adocicado.

Contem Isotiocianato de alila (óleo de mostarda picante componente volátil do wasabi) que atua como uma defesa natural da planta contra herbívoros e insetos. Essa substância produz vapores que estimulam as passagens nasais e a língua, dando a sensação de pungência e provocando muitas lágrimas quando consumidas em excesso.


3. Propriedades e benefícios do wasabi 

  1. Rico em vitamina C, contém potássio, cálcio, magnésio e fósforo, bem como óleos voláteis, como o óleo de mostarda, que tem propriedades antibióticas. A vitamina C ajuda a aumentar as defesas do organismo. Forte aliado contra gripes e outras doenças que surgem junto com a mudança de clima. Reflete na saúde da pele e ossos.
  2. Ação antibacteriana e antiséptica – Responsável pela eliminação de bactérias e fungos. Protege o organismo da intoxicação alimentar, infecção intestinal ou uma forte diarreia
  3. Ação anti inflamatória e analgésica (alivia dores). Muito usada para tratamento de Artralgia reumática (dores nas articulações)-
  4. Fortalece o organismo contra kafunsho e outras alergias
  5. Efeito antioxidante e anticancerigeno – Ajuda a proteger as células dos danos causados por radicais livres. Inibe o crescimento de células cancerígenas
  6. Ação tromboprofilaxicaPrevine a trombose e a formação de coágulos no sangue. Promove a boa circulação sanguínea
  7. Beneficios ao fígado –  O wasabi possui um conjunto de substâncias químicas que ajudam a promover a saúde do fígado. Neutraliza substâncias potencialmente tóxicas, que se movem ao longo do corpo
  8. Benefícios gastrointestinais – Abre o apetite. Estimula a produção de saliva. Ajuda na digestão e na absorção dos alimentos no intestino.

 


4. Por que não encontramos o wasabi in natura no mercado? 

◆ Wasabi é considerado uma planta de difícil cultivo por isso é caro.

  • Exige locais de clima frio e úmido, onde a temperatura permaneça entre 8°C e 20°C. Locais que apresentam temperatura acima de 28°C são considerados inadequados para o cultivo.
  • Esta planta cresce melhor em sombra parcial, embora também possa ser cultivada com luz solar direta em regiões onde o clima é ameno mesmo durante o verão.
  • Planta que cresce bem em água fria e corrente, com boa concentração de oxigêncio, não em solo inundado com água estagnada, por isso é encontrado em leito de rios que descem das montanhas.

5. Cultivo do wasabi

Existem dois tipos de cultivo de wasabi:

Cultivo na água, para consumo in natura, conhecido como sawa wasabi. Encontrado em Nagano (Hotaka) e Shizuoka (Amagi, Izu, Itogi)

Nagano, Daio, a maior fazenda de wasabi do Japão
Nagano, Daio, a maior fazenda de wasabi do Japão

Cultivo no campo, para uso em usinagem e produtos industrializados, conhecido como hatakewasabi. Encontrado em : Hokkaido,Iwate, Yamaguchi e Shimane

Hokkaido - 500 ton/ano
Hokkaido – 500 ton/ano

6. Wasabi natural deve ser consumido logo após ralado

Servido em restaurantes especializados, é ralado na hora utilizando um ralador especial fino. O ideal é consumir depois de 3 minutos e não deixar passar 15 minutos após ralar, pois o sabor será alterado, tornando-se mais amargo.

Normalmente os restaurantes recebem o wasabi fresco a cada dois dias para consumo.

Curiosidades sobre o ralador : feito com barbatana de tubarão que é áspera como uma lixa e consegue ralar bem fininho, por ser de material orgânico, evita a oxidação. Na falta, usa-se o de cerâmica, mas jamais ralador de metal.

10 fatos interessantes sobre WASABI


7. Wasabi industrializado

Wasabi in natura é mais leve e menos picante que o industrializado, oferecendo ao organismo mais condições de absorção dos nutrientes. Porém como é caro e volátil, não pode ser industrializado.

O wasabi que encontramos no mercado embalado em tubos, são industrializados acrescentando também a raiz forte de origem européia, adicionando corantes e outros aditivos, para aproximar o sabor ao wasabi natural.

Quem já experimentou o wasabi in natura sente a diferença com o sabor do industrializado, sendo mais suave e menos ardido.

produtos-com-wasabi 10 fatos interessantes sobre WASABI


8.  Wasabi natural encontrado em SHIZUOKA

Nas grandes regiões produtoras de wasabi encontramos in natura em muitas lojas especializadas e até em supermercados locais.  A homepage do governo de Shizuoka, disponibiliza uma lista de lojas e sites para encontrar produtos derivados do wasabi, bem como in natura.

    Acesse aqui http://www.pref.shizuoka.jp/sangyou/sa-360/wasabi/wa01/wa01-07.html


9. Wasabi natural encontrado em NAGANO

Um ponto turístico muito famoso é o DAIO WASABI NOJO, é uma grande fazenda de wasabi fundada em 1915 e localizada em Azumino, Nagano.

Além das plantações de wasabi, vários cursos para passeios, rios, lagos, moinhos, lojas e restaurantes com vários produtos à base de wasabi podem ser apreciados neste local, que reúne visitantes de todo o Japão.

Na primavera, podem ser apreciadas também a floração de sakura plantados no local. No exterior, este local é muito conhecido e famoso pela aparição no filme Sonhos, 1990, do diretor Akira Kurosawa, no segmento chamado de Vila dos Moinhos.

daiou-wasabi 10 fatos interessantes sobre WASABI


10. Wasabi passou a ser sinônimo de sabor

Wasabi não é consumido somente no acompanhamento de sushi ou sashimi. Um pouquinho de wasabi ralado é acrescentado ao molho ou caldo de macarrão como soba, hiyashimen (versão do macarrão gelado). Também entra como um toque especial no consumo de carnes, frangos e até outros peixes cozidos ou assados.

culinaria-japonesa-utilizacao-do-wasabi 10 fatos interessantes sobre WASABI

A raiz, o caule, as folhas do wasabi são utilizados para diversos fins como conservas (tsukemono), chá, sorvete, petiscos. A versão desidratada também é muito comum encontrar dentre os ingredientes do OTYAZUKE (para comer com arroz e chá), como furikake (para polvilhar no arroz) ou mesmo para fazer onigiri (bolinho de arroz).

furikake-e-otyazuke-alimentos-secos 10 fatos interessantes sobre WASABI

Atualmente encontramos no mercado uma infinidade de produtos que recebem o sabor WASABI, da mesma forma como é utilizado o UME, o gengibre, o gergelim e outros. Batatas fritas, salgadinhos, vinagres, sorvetes, doces, macarrão, temperos para saladas, molhos, até chocolate  (alguém já experimentou o Kit Kat wasabi?). etc

salgadinhos-sabor-wasabi 10 fatos interessantes sobre WASABI


Dois vídeos interessantes sobre DAIO, a maior fazenda de wasabi do Japão.

Canal Japão Nosso De Cada Dia – Pritty e Logan

Documentário do Canal Tabiji – Viaje Pelo Japão – Roberto Maxwell

Para acessar a homepage da fazenda Daio > Acesse http://www.daiowasabi.co.jp/

Wasabi nasceu em terras nipônicas, faz parte da história, da cultura milenar deste povo que adota o consumo na culinária como mais uma opção saudável e quem sabe, garante uma parte da longevidade desta nação…

 Texto original publicado pela mesma autora no Blog Alternativa

 

Gostaram destas informações? Compartilhe com os amigos!

DEIXE UMA RESPOSTA