Eclipse Lunar Parcial em Agosto dia 08

0
1704
eclipse lunar parcial
imagem: NASA

Coluna do Ney

Para entender sobre o evento de agosto, uma rápida explicação sobre o que é eclipse e os seus tipos.

Eclipse solar

O eclipse solar (ou eclipse do Sol) acontece quando o Sol, a Lua e o planeta Terra estão alinhados, sendo que a Lua fica entre o Sol e a Terra. Nesse caso, o nosso planeta passa pela sombra projetada pela Lua.

São três tipos de ecliple solar:
Eclipse total do Sol acontece quando o tamanho da Lua visto da Terra é suficientemente grande para “tapar” totalmente o Sol.
 Eclipse anular do Sol acontece quando estão reunidas as mesmas condições como no caso do eclipse total do Sol, à exceção do tamanho da Lua visto da Terra que neste caso não é suficientemente grande para tapar todo o disco solar, ficando um anel exterior visível da Terra.
Eclipse parcial do Sol acontece quando apenas uma parte do Sol é tapado pela Lua.

Eclipse Lunar

O eclipse lunar (ou eclipse da Lua) ocorre quando temos o Sol, o planeta Terra e a Lua alinhados, com a Terra entre o Sol e a Lua. A Terra projecta “atrás” de si uma sombra e a Lua ao passar pela sombra fica obscurecida.

Existem três tipos diferentes de eclipses da Lua: total, parcial e penumbral.

Eclipse total da Lua acontece quando a Lua entra totalmente na sombra da Terra. A fase de totalidade deste tipo de eclipse pode chegar a durar mais de uma hora, e todo o eclipse em si poderá demorar várias horas.

Eclipse parcial da Lua acontece quando apenas parte da Lua entra na sombra da Terra.

Eclipse penumbral da Lua acontece quando a Lua entra apenas na penumbra da Lua, não entrando na zona de sombra propriamente dita. Este tipo de eclipse passa bastante despercebido, pois a Lua sempre se mantêm iluminada pelo Sol, diminuindo apenas um pouco o seu brilho.

Eclipse lunar parcial de agosto

Na madrugada do dia 8 de agosto(terça feira) teremos um eclipse lunar parcial que será visto da Europa, Oeste/sul da Ásia, África e Austrália.
No Japão será possível a observação dependendo somente da previsão do tempo favorável. Mas parece que termos a visita de um Taifu (tufão) entre os dias 7 e 8.
O eclipse iniciará as 0:50 minutos com a sombra penumbral terrestre sobre a lua e chegando na cobertura máxima as 3:20h da manhã cobrindo 20% da superfície lunar com a umbra. Detalhe que a cobertura de 20% é da localização de Tóquio, portanto quanto mais a oeste em relação à capital nipônica maior a visão de cobertura da sombra terrestre sobre a lua.
Este é o segundo eclipse lunar de 2017 sendo que o primeiro foi em fevereiro mas somente penumbral (apenas uma leve sombra). Já o eclipse lunar de agosto será parcial. Também que no dia 21 desse mês também teremos o eclipse solar total mas infelizmente não será visível aqui do arquipélago
Em 2018 teremos 2 eclipses lunares total e um solar parcial que poderá ser visto daqui do arquipélago.

Umbra e penumbra: o que seria?!

UMBRA vem do latim que significa sombra, é definida como sendo a parte mais escura da sombra, onde toda a fonte de luz é bloqueada deixando o observador no que chamamos de eclipse total ou parcial.
PENUMBRA que também vem da palavra latina “paene” que significa perto, podemos então perceber que PENUMBRA é 〈 perto da sombra〉.
eclipse lunar parcial
imagem: www.fisicamoderna.com.br/blog/eclipse_03.jpg
Eclipse Lunar Parcial
imagem http://astrologosdelmundo.ning.com/profiles/blogs/agenda-astron-mica-2013
Então podemos concluir que quando houver um “eclipse penumbral” será apenas uma leve sombra que irá cobrir a superfície lunar, como o que aconteceu em fevereiro desse ano, os menos observadores podem não distinguir a parte coberta da parte sem sombra.
Já um eclipse total ou parcial é a parte da sombra mais forte que irá cobrir a superfície lunar completamente ou parcialmente.
Para quem tem interesse em visualizar a animação de como será o eclipse parcial da lua no dia 8 de agosto de 2017, segue o link: https://www.timeanddate.com/eclipse/lunar/2017-august-7
Ney Mitsuki Siguimoto
Eclipse Lunar Parcial em 2016, Nara – Foto de Matsuo Sato
A lua fica avermelhada por causa do filtro da atmosfera…

Curiosidade:

Dia 12/08 também tem a chuva de meteoros de perseidas de novo,mas vai ter lua com 80% de iluminação.

Agora é uma boa época para observar “estrelas cadentes” pois tem 6 radiantes próximas ativas durante essas semanas.



Texto de Ney Mitsuki Siguimoto,
Fotógrafo residente no Japão, entusiasta da astrofotografia.
Facebook https://www.facebook.com/ney.siguimoto/
Instagram https://www.instagram.com/mitsukiney/
Leia tambem o artigo : Chuva da Meteoros – Perseidas


 

Gostaram destas informações? Compartilhem com os amigos!

 

DEIXE UMA RESPOSTA