A mais brilhante chuva de meteoros do ano

0
846

A MAIS BRILHANTE CHUVA DE METEOROS DO ANO

Ney Mitsuki Siguimoto, astrofotografia, chuva de meteoros, Perseidas, azblog azblogjapao
Local: Provincia de Mie, Cidade de Shima, Anorisaki Todai (安乗埼灯台) – um dos 50 Faróis mais bonitos do Japão – Foto Ney Mitsuki Siguimoto

Chuva de meteoros de Perseidas ou Perseus está de volta!

Acontece todos os anos a maior chuva de meteoros do ano agora em agosto, mais precisamente nos dias 12 e 13.

A chuva de meteoros de Perseidas é derivado de detritos do cometa 1862 lll (109P Swift-Tuttle) que fez sua passagem próxima ao Sol em 1992 e em todos os anos cruzamos com seu rastro em agosto. E essa chuva de meteoros é ativa a partir de 17 de julho a 24 de agosto e tendo seu pico entre os dias 11 a 13 desse mês.

A chuva de meteoros de Perseidas nos dias de pico tem uma média de 80 a 100 meteoros por hora, mas infelizmente esse ano o brilho da Lua em seu 3/4 de iluminação refletida irá prejudicar a observação.

Segundo o especialista em meteoros da NASA, Bill Cooke, a média para esse ano é de 40 a 50 meteoros/hora, principalmente por causa da Lua, se não fosse por isso a média visível máxima seria de 80 a 100/hora esse ano. Mas já houve anos em que a média chegou a 150-200/hr como o que acometeu em 2016 (lembram?!eu vivi e vi)

Chuva de meteoros Perseidas 2016
Aqui https://www.az-blog.com/chuva-de-meteoros-perseidas/

Esse ano por causa da Lua, a iluminação refletida que vai estar acima de 70% nos dois dias vai ser bem complicado a fotografia dos meteoros, já que a luz da Lua vai ofuscar o brilho dos meteoros, eu mesmo vou só para observar. Mas lógico,vou levar a câmera!

A foto abaixo é com a Lua 73% (iluminação refletida) e saiu um meteoro forte 

astrofotografia, Ney Mitsuki Siguimoto, azblog, azblogjapao, chuva de meteoros, meteoros, Perseidas
Local : provincia de Mie, Misugi-mura (美杉村) – Foto Ney Mitsuki Siguimoto

Por que chuva de meteoros de Perseus?!

Essa chuva de meteoros tem esse nome por causa de sua radiante, ou seja:

O que é radiante? Radiante de uma chuva de meteoros nada mais é que um ponto no céu de onde (para um observador na Terra) os meteoros parecem originar. Um observador pode ver os meteoros em qualquer posição no céu, mas a direção se rastreada apontará para a radiante. Há também os meteoros “esporádicos” que não apontam para nenhuma componente de uma chuva.

Local: Provincia de Mie, cidade de Suzuka – Foto Ney Mitsuki Siguimoto

Como, onde, quando?!

Para a observação de uma chuva de meteoros é preciso um local com pouca ou nenhuma poluição luminosa (quanto mais longe das luzes da cidade melhor). Leve algo para se sentar ou deitar, pois eventos astronômicos também são um jogo de paciência,e muitas vezes pode ocorrer de ter incidência de nuvens ou até mesmo um certo período longo sem nenhuma atividade.  Eu recomendo e até prefiro ficar deitado, assim temos todo o céu para vigiar.

Na madrugada do dia 12 e 13 serão os melhores horários (pouco antes do alvorecer). Pois a face da Terra estará voltada para os restos deixados pelo cometa Swift-Tuttle e terá mais intensidade de meteoros.

A constelação de Perseus fica no hemisfério norte e em agosto logo depois das 23:00 horas tem uma elevação considerável em relação ao horizonte facilitando assim a maior visualização da chuva até o amanhecer.

Anorisaki Todai - um dos 50 farois mais bonitos do Japao, Ney Mitsuki Siguimoto, azblog, azblogjapao, astrofotografia
Local: Provincia de Mie, Cidade de Shima, Anorisaki Todai (安乗埼灯台) – um dos 50 Faróis mais bonitos do Japão
Ney Mitsuki Siguimoto, astrofotografia, chuva de meteoros, perseidas, azblog, azblogjapao
Local: Provincia de Mie, Cidade de Shima, Anorisaki Todai (安乗埼灯台) – um dos 50 Faróis mais bonitos do Japão
Ney Mitsuki Siguimoto, astrofotografia, chuva de meteoros, Perseidas, azblog, azblogjapao
Local : provincia de Mie, Misugi-mura (美杉村) – Foto Ney Mitsuki Siguimoto

Curiosidades da chuva de meteoros de Perseidas

-O cometa Swift-Tuttle tem em média 26km de diâmetro (um dos maiores cometas conhecido). E com quase as mesmas medidas do meteoro que extinguiu os dinossauros a milhões de anos atrás.

-A chuva de meteoros é bem conhecida por ter grandes e longos meteoros rasantes,cortando o céu de uma ponta à outra.

-Ano passado eu observei vários e o mais bonito é que são lentos,e não tão rápidos como outras chuvas.

-Existem também os earthgrazers, que são os meteoros rasantes que tem a impressão que saem da Terra e sobem o céu até a altura máxima da zênite, normalmente são vistos antes do alvorecer.

-Normalmente o tamanho médio de um meteoro é de um grão de areia até uma semente de uma maçã. -Quando estão suspensos no espaço são chamados de meteoroides, quando atingem a atmosfera terrestre são chamados de meteoros, e raramente nenhum atinge o chão mas se isso ocorrer ele se torna meteorito.

-A velocidade média de um meteoro quando entra na atmosfera terrestre é de 50 a 60km/s e chegam a mais de 1650 graus Celsius.

– o Swift-Tuttle é o mais antigo cometa que se tem registro. -o cometa swift-Tuttle foi “descoberto” pelos astrônomos americanos Lewis Swift e Horace Tuttle em 1862 por isso o nome: 1862 lll(109P swift-tuttle). Depois se descobriu que era o mesmo cometa registrado em 188 A.C. e 69 D.C.

Chuva de meteoros – Foto Ney Mitsuki Siguimoto

 

Texto de Ney Mitsuki Siguimoto
Fotógrafo residente no Japão, entusiasta da astrofotografia.
Facebook https://www.facebook.com/ney.siguimoto/
Instagram https://www.instagram.com/mitsukiney/
Leia também os artigos : Chuva da Meteoros – Perseidas
                                     Eclipse Lunar Parcial em Agosto dia 8


 

Gostaram destas informações? Compartilhe com os amigos!

DEIXE UMA RESPOSTA